punhetando até esporrar

Ela não se aguentava, abria a boca de vez em quando, enquanto ela fazia pressão para que o caralho do seu namorado jorrasse leitinho em sua boca. Em um primeiro momento não deu muito certo, por isso, aguentava cada porra em sua boca para terminar com chave de ouro. Era muito safada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *